SIAC-Saurimo arrecada mais de 13 milhões de kwanzas em 2018

  •   Qua, 08 de maio de 2019, 9:50
  •   507 Views
  •   0
  •    

O Serviço Integrado de Atendimento ao Cidadão (SIAC) em Saurimo, província da Luanda-sul, arrecadou em 2018, um total de 13 milhões e 838 mil e 205 kwanzas, com um registo de atendimento diário a 350 pessoas.

A informação foi revelada pelo coordenador do SIAC em Saurimo, referindo que a maior parte dos utentes são provenientes das comunas, aldeias e bairros, onde aproveitam a disponibilidade dos serviços para resolverem problemas indispensáveis na sua vida, tanto dos serviços públicos como empresariais.

Hermenegildo Xavier disse que a emissão do Bilhete de Identidade e o Registo Civil fazem parte do conjunto de serviços públicos mais procurados pelos utentes em Saurimo. Enquanto nos serviços empresariais, explicou, a banca tem sido o que regista maior procura.

De acordo com o coordenador, em média, o tempo de atendimento são de 13 minutos, considerado um número equilibrado, a julgar pela quantidade de pessoas que acorrem naquela instituição de utilidade pública da zona leste do país.

Hermenegildo Xavier fez saber que os recursos humanos disponíveis estão preparados para atender a frenética procura diária. Ao todo, são 75 funcionários, desde o pessoal administrativo, serviços públicos, serviços empresariais, limpeza e segurança, que todos os dias dão o seu melhor para atender os utentes com eficiência, qualidade e rigor.

“De uma maneira geral, o nosso quadro de recursos humanos é bom. Estamos agora a investir na disciplina e na superação diária para sermos excelentes. Esta meta, passa pelo comprometimento, responsabilidade e disciplina”, referiu o responsável.

Importa referir que a rede SIAC é uma unidade de atendimento integrado que reúne representações de organismos e empresas num mesmo espaço físico, tendo como principal objectivo garantir um atendimento ao cidadão rápido, eficiente e confortável.

Fonte: GCII/MAPTSS

Este poste foi útil para si?

Deixa o seu comentário!


Translate »