Primeira academia da Toyota em Angola abre no Centro de Formação do Cazenga

  •   Qua, 24 de julho de 2019, 9:57
  •   705 Views
  •   0
  •    

O Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) e o Governo do Japão têm firmado um acordo para abrir até Novembro deste ano, a primeira academia de mecânicos para fazer manutenção e reparação de viaturas fabricadas naquele país.

De acordo com o ministro Jesus Maiato, a academia será adaptada no Centro de Formação Profissional do Cazenga. “Estamos em fase de negociações para que até Novembro formalizemos essa cooperação que vai formar mecânicos, consubstanciado na criação da primeira academia da Toyota em Angola, para manutenção e reparação de automóveis fabricados no Japão”, disse.

O ministro falava durante o balanço e desfecho da cooperação entre o Governo de Angola e do Japão, no domínio da formação profissional, que envolveu a melhoria da qualificação da força de trabalho, ajustamento de competências técnicas e pedagógicas do Centro de Formação Profissional de Construção Civil (CENFOC), em Viana.
A cooperação entre Angola e Japão teve início em 2009 e já formou cerca de 7.200 jovens. O acordo consistiu no fornecimento de equipamentos, formação de formadores em áreas distintas, concretamente, na Construção Civil e Metalomecânica, através do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

Jesus Maiato garantiu que os 7.200 jovens formados, vão fazer parte do mercado de trabalho através do Plano de Acção para à Promoção da Empregabilidade (PAPE), que será lançado oficialmente no princípio do próximo mês de Agosto, na província do Cuando Cubango.

Referiu que a aposta nestas cooperações, visam atender, os objectivos no Plano de Desenvolvimento Nacional, consubstanciados na modernização e expansão da rede de centros do Sistema Nacional de Formação Profissional, que consiste na melhoria da qualificação da força de trabalho, ajustamento das competências técnicas e pedagógicas.


Com esta cooperação, foi possível implementar no CENFOC, cursos de qualificação profissional nas especialidades de pedreiro, ladrilhador, carpinteiro de formas e de limpos, pintura, estuque, electricidade predial, construtor de edificações, montador de estruturas, serralharia, soldadura, topografia e desenho assistido por computador, que incluem o Auto-Cad e Desk.

Jesus Maiato recomendou ao CENFOC, como instituição vocacionada na qualificação de quadros para os sectores da Construção Civil e Obras Públicas, a dar continuidade nas acções existentes, bem como empreender esforços no sentido de elevar a qualidade do trabalho, com o aumento do desenvolvimento e conhecimento do capital humano.

Fonte: GCII/MAPTSS

Este poste foi útil para si?

Deixa o seu comentário!


Translate »