PAPE distribuiu micro-crédito para 57 jovens na província do Uíge

  •   Sáb, 19 de setembro de 2020, 9:12
  •   5906 Views
  •   0
  •    

O Plano de Acção para Promoção da Empregabilidade (PAPE) distribuiu micro-crédito a 57 jovens dos municípios do Negaje, Uíge e Songo, da província do Uíge, um montante que varia de mil até cinco mil dólares, equivalentes em kwanza. 

O acto foi formalizado pela ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Rodrigues Dias e testemunhado pelo governador do Uíge, Sérgio Luther Rescova

Segundo a ministra, o PAPE lançado nesta quinta-feira, na província do Uíge, vai criar 83.500 postos de trabalho directos e 243 mil de forma indirecta, em todo o país. 

Teresa Rodrigues Dias pediu aos jovens beneficiários para realizarem os seus investimentos com muita sabedoria, para que consigam ser auto-sustentáveis.
Assegurou que o plano vai ser estendido para todo o país, mas é preciso que todos cumpram com as obrigações e direitos, que começa pelo pagamento dos impostos e contribuições nos prazos estabelecidos.
A Ministra Teresa Rodrigues Dias, na província do Uíge fez ainda o lançamento para a construção e reestruturação de um centro de formação denominado Cidadela Jovens de Sucesso de Cangola, que vai atender a província do Uíge e outras regiões do país.

O centro que será suportado com energia solar, para além da energia da rede pública, numa área de 16 hectares e está avaliado em 22 milhões de dólares, com a previsão de construção em 15 meses.
O projecto é destinado a jovens que vão ficar em regime de internamento, onde vão estudar e obter outras habilidades profissionais.
Durante a sua estadia no Uíge, a ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, formalizou projectos de promoção da empregabilidade, onde alguns empreendedores beneficiaram de micro-crédito, bem como o apetrechamento de cybers cafés, salão de beleza e oficina de carpintaria.
Foi também feito um memorando de entendimento com a Associação Jovens Voluntários na Especialidade de Engenharia Informática do Uíge (AJVEEIU) que vão formar formadores dos centros do MAPTSS e fazer um serviço para favorecer o plano da empregabilidade.

Fonte: GTICI/MAPTSS

Este poste foi útil para si?

Deixa o seu comentário!


Translate »